Cromoterapia

Percepção dos efeitos psicológicos exercidos pelas cores

A cromoterapia, também chamada terapia das cores, é uma terapia alternativa onde se utilizam cores básicas como preto, azul, vermelho, branco ou preto para ajudar no tratamento de certas doenças.

Na cromoterapia cada cor possui vibrações e capacidades terapêuticas diferentes, que auxiliam o paciente a conhecer e explorar o seu interior, influenciando o sistema nervoso de acordo com os objetivos do tratamento.

A Cromoterapia é uma técnica muito suave, que visa a reequilibrar a dinâmica da energia do organismo; quando existe algum tipo de agressão ou lesão grave, é necessário atuar diretamente na correção desse problema. A Cromoterapia, nesses casos, funciona como uma técnica de apoio: serve para tornar o organismo mais receptivo e aumentar sua resposta às outras medidas terapêuticas necessárias ao caso. O uso isolado da Cromoterapia só é aceitável e eficiente quando os objetivos são a prevenção de doenças (pela adoção de uma rotina de equilíbrio do campo energético do organismo), uma mudança no estado de espírito individual ou coletivo (pelo uso das cores no ambiente) ou a correção de desequilíbrios leves, principalmente quando sugerirem a predisposição para um certo tipo de problema, o que indica a necessidade de uma terapia de reequilíbrio geral.

Para que serve cada Cor:

Preto

A cor preta está relacionada com a morte e com o luto. Por esta razão esta é a cor utilizada para ajudar a tratar a depressão e as energias negativas, ajudando a diminuir o cansaço físico e mental.

Vermelho

O Vermelho é a cor que aumenta a energia, vitalidade e a adrenalina. Na cromoterapia o vermelho é usado para restabelecer a vitalidade, melhorar o funcionamento do coração e ativar a circulação sanguínea. Além disso, a cor vermelha está também associada à paixão e à sexualidade.

Azul

A cor azul possui propriedades calmantes e tranquilizantes, que atuam no sistema nervoso e em todo o sistema muscular. Por isso, o azul é usado para o tratamento de problemas de sono e insônia ou problemas relacionados com o estresse, ajudando a trazer calma e harmonia ao organismo. Além disso, o azul também é indicado para o tratamento de problemas de comunicação.

Verde

O verde é a cor que ajuda a promover o equilíbrio interno e que ajuda a diminuir o estresse. Na cromoterapia o verde possui uma ação refrescante e calmante, ajudando a promover o bem estar físico e mental. Além disso, esta cor ajuda também a estimular a imunidade, sendo indicada para ajudar a combater doenças infecciosas.

Amarelo

O amarelo é a cor que estimula o intelecto e que estimula o sistema nervoso central. Na cromoterapia esta cor contribui para melhorar a criatividade e melhorar o humor, ajudando também no tratamento de de problemas ósseos. Além disso, esta cor pode também ser usada por pessoas quietas e introvertidas, que queiram ter um bom relacionamento interpessoal.

Embora muitas vezes ainda seja usada de modo superficial e mecânico, a Cromoterapia é muito mais do que a aplicação de uma luz de uma determinada cor sobre um ponto do corpo. Embora em muitos casos o efeito físico da luz sobre as estruturas orgânicas seja o mais importante, freqüentemente e indispensável a associação dos efeitos emocionais (criação de um estado de ânimo que favoreça a cura) e subconscientes (mobilização das reações orgânicas simbolizadas pela cor). Cada um desses efeitos é obtido por meio do uso de técnicas diferentes sempre como o uso de luzes, pois sem luz, não há energia e sem energia, não há cor.

Quer saber saber mais sobre Cromoterapia?

Newsletter

Newsletter

Cadastre-se e receba artigos exclusivos sobre bem-estar, yoga e promoções em atendimentos, cursos e eventos.

Seu cadastro foi realizado com sucesso!